19 octubre, 2018

Movimento Sindical Rural brasileiro sai fortalecido nas eleições do país

A Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag), as Federações e Sindicatos lutaram bastante nos últimos meses para fortalecer candidaturas orgânicas e comprometidas com o Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR). O objetivo era ampliar, no Congresso Nacional e nas Assembleias Legislativas, a representação da categoria e avançar nas pautas da agricultura familiar e da classe trabalhadora em geral.

Segundo levantamento parcial, foram eleitos 37 parlamentares comprometidos, entre deputados estaduais, federais e senadores de todas as regiões do país, e 11 orgânicos, entre deputados federais e estaduais.

No entanto, a batalha não foi encerrada. Alguns governadores comprometidos com a pauta da agricultura familiar venceram bem, já no primeiro turno. Mas, em alguns estados, a disputa se estende nas próximas semanas para a votação em 2º turno, no dia 28 de outubro; bem como para a eleição do novo presidente da República, que ficou entre o #EleNão e Fernando Haddad (PT).

A Contag relembra que, em reunião realizada entre a sua Diretoria e representantes das Federações filiadas, no dia 11 de setembro, em Brasília, ficou aprovada pela maioria a resolução que orienta pelo apoio político à candidatura de Haddad/Manuela à presidência da República, respeitando a diversidade de opinião e a legislação eleitoral, por entender que esta candidatura está alinhada com o desenvolvimento sustentável, a soberania nacional, a agenda da classe trabalhadora e da maioria do povo brasileiro e, sobretudo, com a defesa e valorização da agricultura familiar.